29 de set de 2014

Cabelos danificados

Oi lindas...vocês sabem o que danifica o cabelo?
 A deterioração do fio pode ocorrer da raiz às pontas. Em geral, esse processo inicia com o enfraquecimento da cutícula – a camada externa que o protege-, o que provoca ressecamento, frizz e opacidade, fragilizar o fio e torna-lo quebradiço e propenso a pontas duplas. 




Tudo isso se deve a fatores como:

1. O sol: É um dos agentes ambientais que mais contribui para a perda da cor, brilho, hidratação e maciez do cabelo, já que os raios ultravioleta danificam a cutícula.
2. Calor: Expor o cabelo a altas temperaturas também danifica a cutícula, causando perda de elasticidade e brilho. Isso acontece devido ao uso excessivo do secador, da chapinha e do modelador de cachos.
3. Produtos químicos: O uso frequente de fixadores ou tinturas, assim como fórmulas para alisamento ou permanente, pode modificar drasticamente a estrutura dos fios e até afetar o couro cabeludo.
4. Escovação: O fato é que o o excesso de escovação tende a enfraquecer o cabelo.
5. Lavagem: Nem sempre o cabelo precisa ser lavado todos os dias. O excesso de lavagem pode remover sua oleosidade natural, tornando-o opaco e seco. Cada cabelo tem uma necessidade.
6. Penteado e acessórios: Prender o cabelo em um rabo de cavalo com elásticos, fivelas ou presilhas durante muitas horas estimula a queda, deixando os fios quebradiços e sem brilho.
7. Alimentação: O fio de cabelo é um tecido sem vida, formado por uma proteína chamada queratina. Para mantê-lo saudável, o sangue precisa estar repleto de nutrientes para alimentar os folículos do couro cabeludo que dão origem a novos fios.
Como defender o cabelo desses fatores?

1. O sol: É importante proteger o cabelo tanto no verão como no inverno. Você pode usar chapéus e lenços, além de xampus, condicionadores e cremes capilares nutritivos que contenham filtro UV. Outro truque simples é aplicar um creme sem enxágue antes de um passeio ao ar livre.

2. Calor: Caso você precise usar o secador, é aconselhável deixar o cabelo secar parcialmente ao natural. Quando for usar a chapinha ou o modelador de cachos, tente não deixá-los mais de dois segundos sobre a mesma mecha para não queimar o cabelo. Aplique antes um produto protetor – em spray, óleo ou creme– e lembre-se de tratá-lo com um bom tratamento na próxima lavagem.
3. Produtos químicos: Se você pretende tingir, alisar ou cachear quimicamente seu cabelo, sempre procure um profissional para aplicar os melhores produtos e tratamentos. Quando se tenta fazer qualquer um desses procedimentos em casa, é grande a probabilidade de danificar seriamente o cabelo.
4. Escovação: Use uma escova de cerdas suaves e naturais, que ativam a circulação do couro cabeludo e relaxam os fios. Escove o cabelo com delicadeza e paciência, separando as mechas sem puxar. Segundo o doutor Paradi Mirmirani, quem tem cabelo liso não deve tentar desembaraçá-lo quando ele estiver molhado. No caso do cabelo ondulado ou cacheado, o procedimento deve ser o contrário: penteie quando estiver úmido para evitar que os fios se quebrem.
5. Lavagem: A frequência da lavagem deve estar associada à oleosidade do couro cabeludo. Se você tem cabelos oleosos, pode lavá-lo todos os dias; já os cabelos mais secos devem ser lavados com menos frequência. Seja qual for o seu caso, escolha sempre um xampu e um condicionador adequados ao seu tipo de cabelo, sobretudo os indicados para a reparação e nutrição.
6. Penteado e acessórios: A melhor opção é deixar o cabelo solto, mas se decidir prendê-lo, não deixe por muitas horas e evite usar elásticos.
7. Alimentação: Alguns nutrientes fundamentais para manter o cabelo saudável são: vitaminas do complexo B (sobretudo a B5), biotina, ômega 3, ômega 6, zinco, selênio, l-metionina e vitamina E. Para isso, consuma regularmente frutas, verduras e frutas secas, como amêndoas.

Obrigada pela visita!!!
Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...