2 de fev de 2015

Fiquei grávida e agora?

Estou gravida de 17 semanas e só agora resolvi postar sobre a minha gestação, pois estava num processo de aceitação e cuidados comigo e o baby que esta para chegar.
Me desculpem pela demora da noticia, mais com o pots a baixo vão me entender um pouco melhor e quem sabe ajudar outras gestantes que estão não planejaram e levaram o maior susto com a noticia.

Seu teste de gravidez deu positivo? Em primeiro lugar, saiba que a notícia de uma gravidez é sempre bombástica. Não importa a idade da mulher, a situação dela, se a gestação era superplanejada e desejada ou não. Na hora do resultado positivo, o frio na barriga é inevitável. 
Isso que você está sentindo, portanto, quase todo mundo sente (é claro que em intensidades diferentes). Aquela alegria louca de saber que vai ser mãe combina muito mais com filmes e novelas do que com a vida real. Bem mais realista é uma cara meio de pânico e a pergunta: "E agora?".
"A mulher pode ter todo tipo de sentimento nessa hora", da raiva à culpa, passando pelo medo e pela angústia. "Caso queira ficar um pouco sozinha, quieta, faça isso. Se não quiser passar a mão na barriga, não passe, respeite o que está sentindo". Depois, procure alguém para conversar. Ninguém melhor que o pai da criança, se isso for possível. Ainda que ache que ele não vai estar nem aí, conte para ele. Ele tem o direito e o dever de saber, e você não precisa enfrentar essa barra sozinha. 
No meu caso quando fiz o teste o meu marido estava no quarto e o chamei já dando a noticia devido ao susto.

Além dele, fale com uma amiga ou uma pessoa de confiança. Conforme conversa sobre o assunto, suas ideias e sentimentos vão clareando. "Falar sobre a gravidez ajuda a ficha a cair. A melhora da ansiedade costuma ser rápida, a cada dia que passa", essa é a tática que usei já que a minha gestação não foi planejada. 

Se já se passou mais de uma semana desde que soube da notícia e você continua amargurada, sem vontade de fazer nada, nem de procurar um médico para começar o pré-natal, e sem planos para o futuro, talvez valha a pena procurar ajuda especializada -- até nos postos de saúde há psicólogos com quem você possa falar, sem ser julgada, sem levar bronca. 


Os próprios profissionais ligados ao pré-natal podem ajudar você a superar o susto e a decidir como contar para os outros, portanto não adie a ida ao médico, mesmo que ainda não tenha digerido a notícia da gestação. 



Obrigada pela visita!!!
Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...